Tudo o que você precisa saber sobre o Queijo Minas Padrão




Com uma receita que se originou ainda no período colonial, o Queijo Minas Padrão tem uma história antiga e, portanto, difícil definir com certeza sobre datas. Acredita-se, no entanto, que sua origem tenha sido fortemente influenciado pela chegada da corte portuguesa no estado mineiro por volta do século XVII. Com a adaptação de uma antiga técnica de fazer queijo coalhado, o Queijo Minas nasceu, com uma combinação e modo de fazer tipicamente mineiro e que fez o Brasil inteiro se apaixonar.

Por muito tempo o Minas na versão Frescal era produzido somente por famílias queijeiras, mas a fabricação industrial iniciou-se por volta de 1880, na região da Mantiqueira, ganhando versões curadas, conhecidas como Minas Padrão no mercado atual. Seu sabor e aparência variam conforme a maturação: como o Minas Padrão é curado, apresenta casca fina de cor amarelo-palha e massa levemente amarelada numa textura macia que se dissolve na boca. Seu sabor, levemente ácido, é mais pronunciado que o Frescal.

Quer saber mais sobre esse queijo queridinho dos brasileiros?
Separamos 3 curiosidades para você saber mais sobre o Queijo Minas:

Patrimônio Nacional
Em 2008, o modo artesanal da fabricação do queijo em Minas Gerais foi registrado como patrimônio cultural imaterial brasileiro pelo Conselho Consultivo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Mineiro, todos são Minas
Há quem acredite, por exemplo, que todo queijo mineiro é Queijo Canastra, aquele feito somente em processo artesanal. O que muitos confundem nesse caso é o termo “Queijo Minas” que se refere a qualquer queijo produzido em Minas Gerais, independente do local de fabricação ou do processo de maturação. Portanto, seja artesanal, padrão, frescal, meia cura… Sendo mineiro, todo queijo é Minas.

¼ de todo queijo nacional é mineiro
Com 25% da produção nacional sendo assinado só por Minas Gerais, o Brasil já é o terceiro maior produtor de queijo do mundo! O consumo por habitante cresceu de 4,7 quilos por ano em 2012, para 8 quilos em 2017. Leve em conta que metade da metade de todo o queijo consumido em solo nacional vem de terras mineiras!

Você já conhecia essas curiosidades sobre o Queijo Minas?
Conhecia sua história e origem inspirada nas técnicas queijeiras de Portugal?
Continue nos acompanhando para descobrir mais desse mundo saboroso dos queijos!

Gostou da matéria? Deixe seu comentário!


* Todas as informações contidas nesse post foram baseadas em matérias de jornais, revistas e/ou sites jornalísticos


Postado em 28 Setembro 2020


Comentar

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este post!

Esse espaço é exclusivo para você que não abre mão de apreciar um bom queijo.

Aqui você vai encontrar matérias e dicas relacionadas a esse universo delicioso, tudo para tornar a degustação do seu queijo mais saborosa e com muito mais conteúdo.

#DescubraEsteMundo com a gente!


Descubra esse Mundo

Cadastro de E-mail

Inscreva aqui seu e-mail e
descubra este Mundo:

Atendimento ao consumidor Queijos Ipanema
Tel: 11 3787-2300
atendimento@queijosipanema.com.br