Queijólatras por aí: Grécia


Muitos tipos de queijos foram utilizados para fazer a Cheesecake; saiba como surgiu essa delícia

Um doce que agrada muitos paladares, rápido e prático de ser feito e que, ainda por cima, não seja uma bomba calórica. Esse é o Cheesecake, uma criação grega. Não, você não leu errado. Apesar de muitos creditarem o surgimento do “Bolo de Queijo” aos americanos, foi na ilha de Samos, localizada naquele país europeu, que ele teria sido inventado. (Saiba também: Queijólatras por aí, México)

Historiadores chegaram a essa conclusão depois de descobrirem formas de queijo datadas de 2000 anos a.C. Ok, os queijos já eram conhecidos há milhares de anos antes disso. No entanto, esses pesquisadores encontraram evidências de que o cheesecake era servido aos atletas durantes os primeiros Jogos Olímpicos, além de servirem como bolos de casamentos.

Naquela época, dizem os historiadores, o cheesecake era preparado com farinha de trigo, mel e queijo, que eram misturados até formarem uma massa para ser cozida. Diferente das atuais, não é mesmo? Assim ficou até os romanos invadirem a Grécia, quando acrescentaram queijo picado e ovos. A delícia era servida aos deuses para acalmá-los e em ocasiões especiais do Império.

De lá para cá, muitos tipos de queijos foram utilizados para fazer a Cheesecake: cream cheese, Neufchâtel, cottage e a ricota. No entanto, o que acabou prevalecendo foi mesmo o cream cheese. Os responsáveis por isso foram os americanos, principalmente os nova-iorquinos, que popularizaram essa maravilha tal como conhecemos hoje.

Mas há Cheesecake para todos os gostos! E justamente isso impressiona! A enorme variedade de ingredientes que podem ser acrescentados à massa básica de queijo, à sua base crocante e à cobertura, sem que seja descaracterizado o sabor delicioso do queijo.

Contudo, é preciso seguir alguns cuidados para ter sua Cheesecake suave e saborosa. O queijo, por exemplo, deve ser retirado da geladeira com pelo menos uma hora de antecedência, para que sua textura fique bem macia, de fácil manuseio. Quando levar a massa à batedeira, misture-a por pelo menos 10 minutos, a fim de homogeneizar, pois quanto mais macio e liso, melhor será o resultado final.

 

Gostou da matéria? Deixe seu comentário!


* Todas as informações contidas nesse post foram baseadas em matérias de jornais, revistas e/ou sites jornalísticos


Postado em 17 Novembro 2015


Comentar

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este post!

Esse espaço é exclusivo para você que não abre mão de apreciar um bom queijo.

Aqui você vai encontrar matérias e dicas relacionadas a esse universo delicioso, tudo para tornar a degustação do seu queijo mais saborosa e com muito mais conteúdo.

#DescubraEsteMundo com a gente!


Descubra esse Mundo

Cadastro de E-mail

Inscreva aqui seu e-mail e
descubra este Mundo:

Atendimento ao consumidor Queijos Ipanema
Tel: 11 3787-2300
atendimento@queijosipanema.com.br