Queijólatras por aí: Canadá


Conheça a Poutine, iguaria franco-canadense de dar água na boca.

O Queijólatras segue viajando pela América e sabe onde ele parou? No Canadá, mais precisamente na região de Quebec. Localizou? Então vem com a gente! Hoje o prato típico une sabor e textura, em um resultado saboroso de dar água na boca, a Poutine. (Leia também: Queijólatras por aí, Holanda)

A palavra Poutine tem diversos significados, ela tem influência do inglês e é considerada uma gíria para definir “uma bagunça”. A combinação de batata frita, molho gravy (de carne) e a parte coalhada do Frommage Beaucronne, um queijo da região, nasceu na província de Quebec em 1957, no restaurante de Fernand LaChance. Tudo aconteceu quando um de seus clientes solicitou um prato de batata com queijo e, irritado, ele exclamou “Ça va faire une maudite belle poutine !” (Ela vai fazer uma maldita bela bagunça!).

Desde então o prato virou um queridinho da gastronomia franco-canadense. No resto do país, no entanto, foi um pouco mais difícil de difundir a iguaria, pois a mistura originária no interior do Quebec era considerada uma afronta para grandes chefes e críticos gastronômicos. Mas o sabor e a inovação da receita fizeram com que a Poutine rapidamente se espalhasse, na década de 70 ela chegou inclusive à Nova York, e era conhecida como “disco fries” – muito popular entre os jovens da época.

Hoje, você pode provar a Poutine em muitos lugares do mundo. Em Montreal, por exemplo, você encontra restaurantes especializados em servi-la, com variações no molho – existe a versão vegetariana, com molho de tomate, etc – e acréscimos de outras coisas, como por exemplo a carne. O queijo, no entanto, é essencial para a composição do prato. E para recriar a receita, como não podemos encontrar o Beaucronne no Brasil, ele pode ser substituído pelo nosso coalho. Os dois não derretem totalmente, levam textura e muito sabor a Poutine. E aí?! Gostou da nossa parada? Semana que vem tem mais!

 

Para quem ficou com vontade, a receita é a seguinte:

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de manteiga sem sal
  • 2 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 2 xícaras de caldo de carne
  • Sal e pimenta a gosto
  • 2 dentes de alho finamente picado
  • 1 kg de batatas inglesas
  • 500 g de Queijo Coalho Ipanema

 

Modo de preparo:

  1. Primeiro, derreta a manteiga, acrescente a farinha de trigo e misture até dourar, adicione o alho, sal e pimenta. Cozinhe por 30 segundos;
  2. Acrescente o caldo de carne e deixe ferver. Misture em fogo baixo até engrossar e reserve;
  3. Descasque grosseiramente, corte e frite as batatas;
  4. Jogue o Queijo Coalho Ipanema cortado em cubinhos e o molho ainda quente nas batatas;
  5. Sirva imediatamente.

 

Bom apetite, ou melhor, bon appétit!

Gostou da matéria? Deixe seu comentário!


* Todas as informações contidas nesse post foram baseadas em matérias de jornais, revistas e/ou sites jornalísticos


Postado em 29 Setembro 2015


Comentar

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este post!

Esse espaço é exclusivo para você que não abre mão de apreciar um bom queijo.

Aqui você vai encontrar matérias e dicas relacionadas a esse universo delicioso, tudo para tornar a degustação do seu queijo mais saborosa e com muito mais conteúdo.

#DescubraEsteMundo com a gente!


Descubra esse Mundo

Cadastro de E-mail

Inscreva aqui seu e-mail e
descubra este Mundo:

Atendimento ao consumidor Queijos Ipanema
Tel: 11 3787-2300
atendimento@queijosipanema.com.br