Dicas para conservar queijos no verão




Com o verão, os dias passam a ser mais quentes e úmidos. É por isso que, junto a eles, precisa vir também uma atenção redobrada com o armazenamento e conservação dos alimentos em geral, especialmente os mais perecíveis, como os queijos frescos. Para você aproveitar mais dessa estação curtindo todos os sabores dos Queijos Ipanema, separamos 6 dicas de como conservar cada tipo de queijo e cuidados necessários para todos eles:

Geladeira sempre
Durante o verão, até mesmo queijos duros e defumados como o Provolone Ipanema devem ir à geladeira. Embora permaneçam inalterados em temperatura ambiente, é recomendado que fiquem apenas caso não haja mudanças bruscas de temperatura, como uma manhã fria e tarde mais quente, por exemplo. Desde que não ultrapasse os 20ºC, eles podem ficar até dois dias fora da refrigeração. Se você sair de casa, deixe todos em um ambiente resfriado.

Embale se necessário
Se tiver porções maiores cuja quantidade não vá ser consumida logo, retire um pedaço do queijo e o envolva com papel alumínio antes de levá-lo à geladeira. Isso irá manter suas características originais por ainda mais tempo. Para garantir mais sabor na hora de comer, basta deixar em temperatura ambiente por no máximo trinta minutos antes da refeição.

Fique atento ao tempo de consumo
Mesmo sob refrigeração, cada tipo de queijo tem seu tempo máximo indicado para consumo. Queijos frescos com muita umidade, como o Minas Frescal Ipanema, depois de abertos, devem ser consumidos em até 5 dias. O mesmo vale para queijos de mofo branco, como o Brie Ipanema, os de mofo azul, como o Gorgonzola Ipanema e os de massa semi-cozida, como o Minas Padrão Ipanema. Queijos fatiados tipo o Prato Ipanema e cremosos como o Creme de Ricota Ipanema e o Requeijão Ipanema devem ser consumidos no prazo estabelecido pelo fabricante. Queijos defumados têm duração mais estendida.

Validades diferentes
Enquanto estão fechados e sob temperatura recomendada pelo fabricante, cada queijo tem exatamente o tempo de validade prescrito no rótulo. No entanto, após aberto, todos possuem uma nova data de vencimento, já que apenas o contato com o ar interfere na qualidade e durabilidade do produto. Essas informações são descritas na embalagem.

Retire da embalagem
Embora alguns queijos possam ser armazenados na embalagem original, para a maioria deles o recomendado é que, depois de aberto, sejam acomodados em um pote de plástico ou de vidro com tampa, que garanta a vedação por completo. Ainda assim, fique atento ao tempo máximo de consumo e mantenha-o sempre sob refrigeração.

Congelamento
Algumas pessoas preferem congelar os queijos para estender ainda mais a durabilidade. No entanto, nem todos podem passar pelo processo de congelamento, como os queijos frescos, cuja textura e sabor podem ser alterados em baixa temperatura. Já queijos como Gorgonzola, Brie, Prato, Mussarela, Parmesão e Cheddar podem ir ao congelador, desde que com o devido cuidado. Podem ser congelados em pedaços, fatias ou ralados, em saquinhos plásticos hermeticamente fechados por até 3 meses.

Pronto, agora é só aproveitar o verão com muito queijo e sem riscos de perder nenhum deles! Qual das dicas você pretende pôr em prática nesses dias quentes?

Gostou da matéria? Deixe seu comentário!


* Todas as informações contidas nesse post foram baseadas em matérias de jornais, revistas e/ou sites jornalísticos


Postado em 19 Janeiro 2021


Comentar

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este post!

Esse espaço é exclusivo para você que não abre mão de apreciar um bom queijo.

Aqui você vai encontrar matérias e dicas relacionadas a esse universo delicioso, tudo para tornar a degustação do seu queijo mais saborosa e com muito mais conteúdo.

#DescubraEsteMundo com a gente!


Descubra esse Mundo

Cadastro de E-mail

Inscreva aqui seu e-mail e
descubra este Mundo:

Atendimento ao consumidor Queijos Ipanema
Tel: 11 3787-2300
atendimento@queijosipanema.com.br