A versatilidade da mussarela em bolinhas




Da mozarela, a versão original italiana que deu origem ao nosso mussarela nacional, há muita história pra contar. A receita europeia é produzida com leite de búfala no sul da Itália desde os tempos da Roma Antiga, aqui no Brasil só chegou por volta de 1890, com a chegada de imigrantes italianos. Por aqui, os ingredientes foram adaptados: com leite de vaca e adição do corante urucum, nosso muçarela ganhou a consistência como conhecemos e massa mais amarelada que seu “primo” antecessor italiano. Essa fórmula é a mais consumida até hoje.

Sua versão original é produzida em formato bola e tradicionalmente possuía uma massa que desfiava, graças aos filamentos criados no momento de produção. Com as exigências do mercado brasileiro e os maiores consumidores de queijo mussarela – as pizzarias –, os laticínios fizeram adequações na receita, transformando o queijo em peças retangulares e maiores, com textura firme e de fácil fatiamento, mais prático para quem precisa do queijo em larga escala.
 

Mussarela bolinha

Com uma textura fibrosa e elástica, a versão da mussarela em bolinha se assemelha ao formato original do mozarela, ainda que numa versão reduzida. Ideal para aperitivos, adições em saladas e em outras receitas quentes, esse queijo também vai bem na grelha para churrascos ou até como acompanhante de carnes. As pequenas esferas de mussarela, com consistência de suave a semi-suave são comercializadas em embalagens em diversos tamanhos, sendo os mais comuns em 300g, como a Ipanema, 500g, 1kg e 2kg, mais utilizadas por restaurantes e lanchonetes.

A versatilidade da mussarela em bolinha permite uma degustação com muito sabor até mesmo quando é consumida pura, sem acompanhantes. Ainda assim, o queijo valoriza qualquer prato, transformando uma receita básica muito mais elaborado e com sabor. Que tal experimentar nosso Queijo Mussarela Bolinha Ipanema com Salada de Rúcula nesse próximo fim de semana? Essa dica que demos aqui no nosso site pouco tempo atrás une a textura da mussarela com os atributos nutritivos da rúcula, uma hortaliça verde-escura que possui diversas vitaminas e sais minerais importantes para o desenvolvimento saudável do organismo. Alie saúde e sabor no seu dia a dia!
 

Vale saber: muçarela, mussarela, mozarela ou mozzarella?

A resposta é: depende. No Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa e no dicionário Michaelis, os únicos verbetes que aparecem são a grafia de muçarela para o português brasileiro e mozarela para o italiano, mas no dicionário Priberam a grafia mussarela aparece como o aportuguesamento da palavra italiana mozzarella. Segundo a Academia Brasileira de Letras, o cedilha vem de uma regra que diz que as palavras de origem italiana com Z recebem um Ç no português brasileiro, mas o mussarela com duas letras S, mesmo corrigido como incorreto pelo Microsoft Word e desadequado conforme Novo Acordo Ortográfico, continua sendo uma mania nacional: o mercado aceitou e escreve assim, então a gente também.

Gostou da matéria? Deixe seu comentário!


* Todas as informações contidas nesse post foram baseadas em matérias de jornais, revistas e/ou sites jornalísticos


Postado em 20 Agosto 2020


Comentar

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este post!

Esse espaço é exclusivo para você que não abre mão de apreciar um bom queijo.

Aqui você vai encontrar matérias e dicas relacionadas a esse universo delicioso, tudo para tornar a degustação do seu queijo mais saborosa e com muito mais conteúdo.

#DescubraEsteMundo com a gente!


Descubra esse Mundo

Cadastro de E-mail

Inscreva aqui seu e-mail e
descubra este Mundo:

Atendimento ao consumidor Queijos Ipanema
Tel: 11 3787-2300
atendimento@queijosipanema.com.br