Fondue: a receita suíça que fez o mundo inteiro se apaixonar


Fondue: a receita suíça que fez o mundo inteiro se apaixonar


Embora a fondue seja oficialmente conhecida como um prato suíço, há três principais versões que se divergem na história dessa iguaria. Enquanto alguns afirmam que ela exista desde o século XVII – por conta de um livro de receitas de Zurique escrito em 1699 ser o registro histórico mais antigo que se tem notícia –, outros relatam que sua origem é ainda mais antiga, datando do século XIII, quando suíços queijeiros tiveram uma produção excessiva, maior do que o necessário para o próprio consumo e venda, e após um inverno rigoroso, quando os queijos endureceram e estavam a ponto de se perder, eles pensaram em derreter diversos tipos de queijo e adicionar bebida alcoólica para a conserva, sendo a escolhida o kirsch, uma bebida forte destilada de cereja. 

Já a versão mais recente dessa história vem do século passado, durante o período da Segunda Guerra Mundial. Conta-se que os camponeses das regiões montanhosas da Suíça não conseguiam descer e buscar mantimentos nas cidades por causa das batalhas que não cessavam e decidiram ir reaproveitando o resto de queijo que havia sobrado, já que a maioria vivia de produzir leite. Os vários queijos derretidos formaram um caldo de consistência cremosa, no qual os camponenes mergulharam pedaços de pão amanhecido com o intuito de matar a fome. Mas seja lá qual for a história verdadeira desta receita tão especial, o que se sabe ao certo é que a fondue de queijo ficou conhecida mundialmente na década de 1950, com o chef Conrad Egli, quando levou e passou a vender em seu restaurante Chalet Suísse, em Nova York. É autoria do mesmo chef a versão de sobremesa, feita com chocolate derretido. 

Hoje a fondue tornou-se um evento para reunir amigos e família ao redor da tradicional panelinha em momentos especiais. E, levando-se em conta seu país de origem, é uma combinação perfeita para o inverno, quando as temperaturas amenas incentivam ainda mais a apreciação do saboroso caldo cremoso de queijo derretido. A receita acabou ganhando também um contexto romântico, com opções charmosas em cidades turísticas conhecidas por serem destinos ideais para os casais apaixonados. Embora a tradição diga que a fondue original era feita com queijo emmental e gruyère, atualmente já existem diversas versões da receita variando os queijos e a opção da bebida alcoólica, como a troca do kirsch pela cachaça brasileira, por exemplo. 

Com a correria do cotidiano, nem sempre é possível dedicar tempo em seu preparo, por isso a mistura pronta de Fondue Ipanema surgiu para trazer facilidade e fazer com que você aproveite ainda mais desse momento. A praticidade da massa permite que a mistura pronta vá ao fogo ou ao micro-ondas, por não mais que três minutos. Depois de pronto, recomendamos que sua fondue seja acompanhada de pedaços de pão italiano ou francês, batata noisette (pequenas bolinhas de batata frita) ou nhoque. Além disso, a massa pronta também pode ser um saboroso molho para outras massas, como o espaguete, talharim, penne ou macarrão parafuso e até mesmo as opções recheadas, como o capeletti, o ravioli e o conchiglione. Agora que nova delícia está presente entre os produtos da Ipanema, opção é que não vai faltar para você incrementar ainda mais as suas receitas!

Gostou da matéria? Deixe seu comentário!


* Todas as informações contidas nesse post foram baseadas em matérias de jornais, revistas e/ou sites jornalísticos


Postado em 23 Julho 2019

Palavras Chave



Comentar

Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar este post!

Esse espaço é exclusivo para você que não abre mão de apreciar um bom queijo.

Aqui você vai encontrar matérias e dicas relacionadas a esse universo delicioso, tudo para tornar a degustação do seu queijo mais saborosa e com muito mais conteúdo.

#DescubraEsteMundo com a gente!


Descubra esse Mundo

Cadastro de E-mail

Inscreva aqui seu e-mail e
descubra este Mundo:

Atendimento ao consumidor Queijos Ipanema
Tel: 11 3787-2300
atendimento@queijosipanema.com.br